Marcus Hemerly
Sobre a terra, antes da escrita e da imprensa, existiu a poesia - Neruda
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Oração à Debutante

A um quarto de século da meia idade,
Andentra jovem dama sem temeridade,
Nova fase, o desenrolar da juventude,
Conflitos, revelar-se-ão amiúde.

Em meio à tormenta, tenha em mente,     
O tempo tudo cura, não prodigamente,
Sim! Traz bálsamo, de forma paulatina, 
Nunca se desespere, oh jovem menina!

Numa valsa de festejo ao quinquênio,
Nada, saiba, se inova em mero biênio,
Seja forte trajando vestes de mulher,
Pois arrefecer atilada é agora seu mister.

Em eventual amargura, não entoe desdém,
Saberá que na vida há sempre um porém,
Decerto, nunca cessará sua ternura,
Jamais entristeça sua contente figura.
Marcus Hemerly
Enviado por Marcus Hemerly em 16/08/2018

Música: Strauss - Blue Danube violin

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras