Marcus Hemerly
Sobre a terra, antes da escrita e da imprensa, existiu a poesia - Neruda
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Não mais...

Não mais me lembro,
de meus amigos, aonde estão,
não mais.
Não mais me lembro,
do porquê de amar, se ainda amo,
se um dia amei, se um dia amarei.
Não mais recordo das andanças,
de onde fui, de onde voltei,
já perdi o trem, o ônibus, o bonde.
Não mais me seduz a ideia da morte,
ou mesmo a noção de vida,
Já estou indiferente, um tanto contente.
não estou triste, ou feliz,
já disse, contente, talvez descrente.
Não mais me pronuncio,
pois decepcionado contemplo a multidão,
alguns espectros do passado assombram,
não trazem a resposta, apenas indagação.
Queria uma confissão aos ouvidos,
uma que me fosse cúmplice,
que me confirmasse...
que me entendesse.
Todavia, é impossível,
Meu Deus!
às vezes a estrada é tão longa...
Não mais...


imagem-google
 
Marcus Hemerly
Enviado por Marcus Hemerly em 02/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras