Marcus Hemerly
Sobre a terra, antes da escrita e da imprensa, existiu a poesia - Neruda
Textos

Solilóquio




 


Triste monólogo cansado
Que minh'alma aborta,
Regurgita febril do passado,
Memória que aos olhos aporta.

Há quanto tempo me evadi,
Ninguém notou, agora ou então,
Pontada órfã aos poucos senti,
Dúvida, exsurge em tímida paixão.

Quando ou como fui feliz?
Arremeto em ingênuo colóquio,
Névoa, ilusão não mais condiz,
Se indago-me em inócuo solilóquio.
Marcus Hemerly
Enviado por Marcus Hemerly em 28/12/2019
Alterado em 28/12/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras